Rosácea

A rosácea é uma dismotilidade vascular, na qual o vaso se dilata e não contrai por estímulos diversos, sejam eles: atividade física, frio ou alimentos condimentados. 

 

É importante destacar que, devido à sensibilidade - causada pela rosácea - da pele, existem tratamentos/procedimentos dermatológicos e estéticos que não podem ser realizados, como peelings, físicos ou químicos, e uso de substâncias adstringentes.

A causa exata da ocorrência de rosácea ainda é desconhecida, mas sabe-se que pode estar relacionada à predisposição individual, evidenciando uma possível base genética. 

 

Além disso fatores psicológicos, como o estresse, podem influenciar no surgimento da doença.

 

Outro aspecto importante é que existem agentes agravantes ou desencadeantes:

  • Bebidas alcoólicas;

  • Exposição solar;

  • Vento;

  • Frio;

  • Ingestão de alimentos quentes.

A rosácea pode ser tratada e controlada, mas isso depende da fase clínica em que o paciente está. O tratamento pode envolver:

  • Sabonetes adequados;

  • Protetor solar adequado à pele do paciente e com proteção contra UVA e UVB correta;

  • Uso de antimicrobianos tópicos (metronidazol) e antiparasitários (ivermectina). Uso de derivados de tetraciclina (doxiciclina e outros) orais;

  • Isotretinoína oral em dose baixa;

  • Laser ou a luz pulsada;

  • Radiofrequência;

  • Dermoabrasão;

  • Cirurgia.

  • Instagram

©2020 por Flavia Cury  •  www.flaviacury.com